quinta-feira, 9 de setembro de 2010

AGAIN

Encontro-me numa estranha fase da minha vida. Desejo ardentemente trabalhar, encher o meu tempo em ambiente hospitalar, voltar aos cheiros [bons e maus]. Sinto-me nervosa, angustiada, sem rumo, e detesto isso. Tenho sempre tudo programada a curto prazo, e não ter objectivos nesse ponto, é muitooooo mau.
E depois, se não bastasse, oiço toda a gente a lamentar-se do mesmo: procura do 1º emprego, envio de currículos para todo os país, nada, niente, farta, fartinha.
Quero ter o meu primeiro emprego, pagar os meus champôs, roupas, cenas!

Ora, perspectivas: arrumar a casa, AGAIN.

5 comentários:

Mariavaicomasoutras disse...

Calma Deepzinha,
pode custar mas o dia há-de chegar.

Beijinho

Ana Ferreira disse...

AHHHHHHHHHHHH até me arrepie.

Na minha condição de desempregada, angustia, e com muita saudade dos cheiros, da vida...

Também estive a arruma a casa (e ainda fiz uma canjinha!).

Anónimo disse...

Não te faltam objectivos a curto prazo , moça! Faltam-te é as oportunidades de os concretizares tão depressa quanto desejas, ou seja, ontem!
Longe de estar na mesma situação que tu , também consigo perceber essa tua frustração. Num país onde se apela aos jovens para que estudem, se formem, se qualifiquem,...é triste que esses mesmos jovens, no fim de uma longa etapa académica, não tenham as oportunidades que lhes ''prometeram'.
Não stresses, Deep. A tua oportunidade chegará.Depois, agarra-a com unhas, dentes e toda essa tua paixão e vontade.
Até esse dia chegar , vais aperfeiçoando as aptidões como dona-de-casa. :P
Jinhos e coiso i tal!! :-))

ass: curriculum vitae

CF disse...

Realmente objectivos não te faltam, sabes bem o que queres. Mas no panorama actual o que se precisa não é desepero... paciência e muita persistência é o que se requer. Continuar a procurar até "ser chata" e se cansarem de te ver pelas instituições. Porque não algo de voluntariado na área da saúde (bombeiros, liga portuguesa contra o cancro, etc) e quem sabe te podem abrir portas??? Conhece-se gente, conversa-se e mostra-se atitude o que pode ajudar na altura certa.
Pode demorar mas há-de chegar... verás!
Um abraço enorme de esperança e certeza de que vais conseguir. Tem confiança...
CF

Marta disse...

Oh linda, a esperança continua!! E tu vais conseguir sem dúvida! Nota-se que queres muito ser útil! Eu acredito nisso, logo tens de fazer o mesmo e nunca desistir e eu sei que não te atreves!
Beijinho