jeudi 13 décembre 2012

Coisa



Sempre que sou obrigada, por alguma condicionante que nem eu própria consiga controlar, a ouvir esta "coisa", dá-me vontade de lhe coser a boca e amarrar as pernas.

Aucun commentaire: