dimanche 6 mai 2012

Análise psiquiátrica

Sabem aquelas situações em que por momentos perdemos a noção dos limites das nossas acções, e saltamos para a pele de um psicopata, e nos apetece torcer o pescoço a alguém porque está a testar os limites da nossa paciência, e nos damos conta de que estamos a ter esse mesmo pensamento, e voltamos a ser a pessoa com comportamento dito "adequado" pelos parâmetros socio-culturais?

É por isso que também adoro Psiquiatria... Já fui uma ínfima parte do cérebro de cada um dos diagnosticados como "doentes psiquiátricos", porque o que distingue as pessoas ditas normais dos "malucos", é a capacidade de auto-análise instantânea em momentos críticos e exasperados.

Eles andam aí :).

1 commentaire:

MyLuckyMe a dit…

Querida Deep,
Fosse eu tão capaz de auto-análise quanto tu ou qualquer pessoa dita "normal" e o mundo tinha menos um "louco". Porém, prefiro a loucura dos pensamentos mesquinhos e retorcidos, da má gestão de sentimentos ao sofrimento causado pela ausencia do sentido, à normalidade da casualistica.

Querida Deep,
Bom (re)encontrar-te.