mercredi 9 mars 2011

Isto foi uma entrevista

DeepGirl vai a uma entrevista para uma conceituada loja de acessórios de moda.

Assim decorre a entrevista:

Entrevistadora: Então, quantos anos tem?
DeepGirl: 22 [leste mesmo o meu currículo].
Entrevistadora: De onde é?
DeepGirl: xxXXxx
Entrevistadora: Isso fica perto de Gaia, certo?
DeepGirl: Sim, fica.
Entrevistadora: Mas sabe que tem de atravessar a ponte do Freixo todos os dias para este emprego?
DeepGirl: Sei, li no anúncio onde era, e tive de vir para cá hoje [dah!].
Entrevistadora: E sabe quanto é uma multa por não abrir uma loja num shopping a horas?
DeepGirl: Não faço ideia. [Oh céus, mas eu tenho lá que saber essas coisas!]
Entrevistadora: O mesmo que a renda por m2. Por isso, está a ver a responsabilidade?
DeepGirl: Sim, estou [tirem-me deste filme antes que corte os pulsos].
Entrevistadora: Então, e nunca trabalhou, não é verdade?
DeepGirl: Sim, sou recém-licenciada.
Entrevistadora: E o que faz uma licenciada aqui? Eu vou-lhe responder: faz o mesmo que x em Viana, y não sei onde. Certo?
DeepGirl: Exacto [não sei para que perguntaste, então].
Entrevistadora: E porquê o comércio?
DeepGirl: Blá blá blá.
Entrevistadora: Sabe que vem pouco maquilhada?
DeepGirl: Hum?
Entrevistadora: Sim, para trabalhar connosco, precisa de se maquilhar, de se produzir como para uma saída para a discoteca. O que não será díficil para si.
DeepGirl: Ah bom [aquilo foi um elogio?]. Está bem, então.
Entrevistadora: Quanto quer receber?
DeepGirl: Desculpe? [passou-se]
Entrevistadora: Sim, quanto quer receber?
DeepGirl: O salário mínimo? [quase a tentar acertar no EuroMilhões]
Entrevistadora: Só?
DeepGirl: E o subsídio de alimentação? [talvez?]
Entrevistadora: Não quer arredondar o número?
DeepGirl: 600€? [opá, devia ter-me preparado para equações, eu sabia]
Entrevistadora: Ok. Se for seleccionada, terá uma formação. Caso após a formação, fique, recebe pelos dias que passou lá. Caso não fique com o cargo, não ganha nada. É um risco.

E pronto, foi assim a entrevista mais estúpida da minha vida até hoje.

5 commentaires:

CF a dit…

Olá special one
Eu bem tento manter-me séria como pede esta ocasião solene... com entrevista tão elucidativa e culta não poderia ser diferente!!!!
Mas olha que o meu esforço foi gorado... ri-me e ri-me.
Deixa lá, vão pagar os 600 aerius a contar com os teus atrasos no percurso para a loja... depois de tanto andares em discotecas (por sugestão dela)... era o minimo que te podiam fazer... lol
bjs
PS: boa sorte

siceramente a dit…

wow! e continuas a querer ir trabalhar para lá? :S

Mariavaicomasoutras a dit…

Gande entrevista sim, senhora!

Só me falta saber que tipo de acessórios de moda estão no estaminé...isso pode inflacionar o ordenado e convenhamos 600 euros é a oferta base para um licenciado á rasca...

Beijinho e continua a tentar.

Dark angel a dit…

Eh pá, nem digas nada, as entrevistas são mesmo estranhas (às vezes). Mas eu, (que sou da área, lol, coincidência), digo-te que por estranho que pareça, há algumas coisas que parecem estranhas mas têm propósitos escondidos. :)
Não descures aquilo que dizes, estás a ser avaliada em TUDO, e prepara-te o melhor possível para as entrevistas, que são a tua primeira oportunidade de mostrares valor. Qualquer coisa, avisa, eu dou-te umas luzes, já que eu tb faço entrevistas, mas as minhas não são tão ao lado... lol

Beijinhos!** Bfs

Anonyme a dit…

Agora que , de acordo com que o vem publicado nas revistas, a Judite de Sousa vai deixar a RTP , talvez essa entrevistadora , com um jeito inato para fazer perguntas pertinentes, devesse considerar a hipótese de ir ocupar o lugar deixado vago. Faria sucesso , fosse numa vertente mais séria ou numa vertente mais cómica.
Aposto na cómica! Eu ri ao ler isto.
Jinhos e coiso i tal!! :-))


ass: entre vistas