mardi 4 janvier 2011

Pai Natal, what?

Agora a sério... Detesto o Pai Natal e afins.

Os meus pais nunca me disseram que existia e que era ele que me dava os presentes.

Achava os meus colegas de escola uns "defs" [em linguagem cool de agora], quando mostravam os brinquedos e diziam "Foi o Pai Natal"! Atenção, mas tinha a sensibilidade de não lhes dizer que andavam com os "olhinhos tapados", é que eu sou assim, Peixes e tal, e deixava-os serem felizes.

Nunca percebi muito bem porque é que as pessoas fazem as crianças acreditar numa coisa que nem eles próprios acreditam.

Os meus pais são pessoas humildes, e com baixos graus escolaridade, mas posso-vos dizer que na educação, batem milhões de pais.

Na dia de 25 de Dezembro, pela manhã, quando me levantava, ia directa à árvore de Natal, abria o meu presente [sim, nunca me deram mais do que um, porque quando é mais do que um, há a tendência a comparar, e eles sabiam, sabem e ensinaram-me isso], e ia directa dar-lhes um beijinho a agradecer, porque sabia que eles tinham trabalhado muito e árduamente para me terem comprado fosse o que fosse.

Agora pergunto-me: a quem é que as crianças dão o beijinho do tamanho do Mundo quando recebem os presentes do "Pai Natal"?

Pois, sim, contem-me histórias.

4 commentaires:

PP_FANTASMA a dit…

O Pai Natal não existe???
Olha, agora é que me apanhaste!
:)

siceramente a dit…

há uns anos via as minhas primas a chorar por cada prenda que recebiam e no dia seguinte estava tudo espalhado pela casa.. crianças somos nós!

Dark angel a dit…

Eu acho giro as crianças acreditarem, terem essa capacidade, já que eu não tive, tal como tu. O que não acho certo é a permissividade que há agora, e ver que as crianças não são privadas de absolutamente nada, e depois fazem altos berreiros se forem a um sítio qualquer porque querem tudo. Acho que a raiz de tudo é a educação. E hoje em dia este tema é demasiado complicado...

Anonyme a dit…

Ó ''melheri'' , tu não páras de me surpreender! Muito bem escrito, sim sra! Concordo com tudo , letra por letra!
Só uma achegazinha, espero que não leves a mal.(sei que não )
Nem Pai Natal a dar presentes , a não ser nos shopings, nem menino Jesus, embora esse , sinal dos tempos consumistas e de algum desapego à religião, seja cada vez menos referido.
Jinhos e coiso i tal!! :-))


ass: Rudolfo ''Red nose''