samedi 20 novembre 2010

:D

Podia estar-me para aqui a queixar que fecharam as estradas por onde passava de autocarro para ir para o emprego, que a escola dos meus filhos fez ponto e tive de gastar 90€ para os deixar num ATL privado, ou que o restaurante onde almoçava todos os dias fechou durante a Cimeira...

Mas... Vivo na aldeia, thanks GOD!

3 commentaires:

Sammael the Morning Star a dit…

ó ó...sorte a tua,,,,


beijo

CF a dit…

Que bom viver longe do rebuliço citadino... vivo perto da cidade, q.b. Onde moro, ainda se ouve o canto dos pássaros de manhã ao acordar e sente-se o cheiro dos pastos e vê-se ovelhas a comer relva... Ajuda a equilibrar o stress do dia a dia.
bjs

Anonyme a dit…

Ao contrário daquilo que muita gente pensa , viver fora dos meios urbanos, onde há de tudo, menos sossego e ar puro, não são só desvantagens.
Eu , de cada vez que tenho de ir à nossa big apple tuga, até fico ''doente'' com o trânsito , com a arquitectura 'lata de sardinha'', com a falta de espaços verdes e apraziveis e com o facto de , olhe para onde olhar, só ver cinzento , seja nas casas ou nas pessoas.
De cada vez que lá vou, saio de lá a valorizar ainda mais a minha bela ''parvónia''.
Jinhos e coiso i tal!! :-))


ass: ci(u)meira do anónimo