domingo, 21 de junho de 2009

Verão...

Chegou o Verão há cerca de 6h e picos!

É altura de planear as férias com os amigos, com a família, aguardar que o pessoal emigrante volte à terrinha, altura das festas populares, e por aí adiante.

Mas aqui prá Deep, o que este dia fez relembrar (e sim, é uma coisa sem nexo algum), é que em vez de me pôr a pensar em praia, areia, guarda-sol, bolas de volley... Veio-me à ideia que imensas pessoas nunca colocaram as mãos... na terra!

Sim, leram bem (eu avisei que não ia ter nexo:p) :)

Como é possível?!

Eu passava a vida a fazer "bolos de chocolate" quando era pequena, ou com um ganchinho a retirar as ervas daninhas do meio dos meus canteiros de flores com as mãos!

Depois chegava dentro de casa com as mãos num estado lastimoso e a minha mãe passava-se, mas isso é outra história :)

Hoje em dia, quando vejo uma mulher com umas unhas quase a parecer as de um lobisomem, questiono-me a quantidade de tarefas que deixará de fazer para manter aquelas pontas limpas e intactas. Ou então, quando oiço as minhas tias quase a rebentarem com os nervos por os piquenos andarem na terra e sujarem a roupa toda, apetece-me pegar na roupa dos putos e espetar com ela no tanque e ser eu própria a lavá-la.



Adultos... Se não querem aproveitar a base do que pisam, não o façam. Mas por favor, deixem os mais miúdos fazê-lo...
É viver com a Natureza! :)

5 comentários:

Carla Sousa disse...

Também me lembro bem do tempo que o fazia. O pior mesmo era chegar a casa, e ouvir a minha mãe a reclamar, mas nunca lhe ligava e no dia seguinte, repetia-se o mesmo cenário.
O que é facto é que as nossas crianças de hoje não sabem brincar como nós, são extremamente dependenteos do mundo tecnológico, é o resultado do progresso.

siceramente disse...

OH porque essas mulheres com unhas grandes podem dar graças a Deus por não as terem de enfiar na terra ou dentro de um balde cheio de loiça suja :D LOL

Anónimo disse...

hoje em dia,quando tudo está mais acessivel, mais rápido e mais cedo, às gerações mais novas, parece que lhes falta a imaginação e a brincadeira pura. falta-lhes aquele tipo de brincadeira em contacto com a natureza e, mais importante ainda, em contacto directo com as outras crianças.
senti-me inspirado a ir fazer umas ''barrocas'', como fazia nos bons velhos tempos de puto reguila, e convidar-te a jogar ao berlinde, mas acho que vou optar por fazer um ''bolinho'', que depois te ofereço.
Jinhos e coiso i tal!! :-))

ass: terra firme

PP_FANTASMA disse...

É, os temops vão mudando:)

messy disse...

Deepzinha, devias mesmo ter visto a minha cara (: