samedi 6 juin 2009

“Twilight” – “Crepúsculo”



É verdade… Sim, pronto… Não me massacrem muito a cabeça, por favor… De facto…
“Devorei” o livro em três dias, e adorei!

Desde que me conheço que adoro ler, mas nunca gostei de romances. Achava que existia demasiada ociosidade, esplendor, demasiado “mel” para meu gosto.

Então, revirava os olhos sempre que TODOS OS DIAS ouvia falar em “Crepúsculo” para aqui, “Crepúsculo” para acolá… “Ele é lindo” para aqui, “Queria assim um gajo” para acolá.

“Traz-me lá o raio do livro e empresta-mo, para poder confirmar tanto entusiasmo!”, pedi à F., que andava a sempre falar nisso, e que queria que o lesse, como boa crítica que sou (cof, cof…).

Ela trouxe-o de facto. Encostei-o na estante até ter tempo para pegar nele. Bem, essa foi a parte mais desgastante, de facto, porque após ler a primeira página, tornou-se um gosto.

Isabella Swan, dezassete anos, jovem de dotada de extrema inteligência e maturidade, dado que viveu a cuidar dela e da sua própria mãe, com espírito demasiado jovem para a sua idade, mas que apesar de tudo, adorava a filha, e vice-versa.

Decidiu ir viver com o pai, que apenas via nas férias de Verão, para dar liberdade à sua mãe de viver um amor com um jogador de futebol que se deslocava várias vezes ao longo da época.

Tem um encanto que não sabe que possui, e é o ponto de atenção na sua nova escola, em Forks.
Poderia apaixonar-se por qualquer rapaz, e viver um amor de adolescência descomplicado e sem um futuro tão incerto, como o que virá a ter.

Apaixona-se por Edward Cullen, um jovem da sua idade “com cabelo cor de bronze desalinhado”, segundo a sua perspectiva.


Edward Cullen, retribui por sua vez a paixão e o amor, contra a sua vontade, dado que não vê como certo ou com final feliz a história que viverá intensamente com Bella (de Isabella), dado que Edward é um vampiro.

Chega? Vá lá… Se querem mais, leiam o livro, e aproveitem e sigam a saga ("Lua Nova" - "New Moon", "Eclipse" e "Amanhecer" - "Breaking Dawn")... Enjoy!

9 commentaires:

MoNz!Productions a dit…

ahh pá, e eu a pensar que eras uma fixe...

Sant'Iago a dit…

está muito bem escrito de facto. o filme acho que não acompanha a intensidade do livro, é um facto.
beijoca ó sorriso desaparecido ;)

siceramente a dit…

então mas o gajo não tem super poderes? tenho pr´aqui o filme para ver e ainda não me deu aquele clique..

PP_FANTASMA a dit…

É sucesso, de facto. Tenho de dar uma espreitadela.

Chris a dit…

Já me falaram tão bem... Tenho que ver o filme, e às tantas leios os livros também :x

Beijinho *

f a dit…

e ja que sim o midnight sun esqueceste-te xD
* ja li a mt tempo todos. sem palavras

Rui a dit…

É um bocadinho à pita, o Twilight, mas quem sou eu - que curtiu o he's just not that into you - para criticar estas coisas? :P *

Sant'Iago a dit…

uma prendinha pa ti, no CIO ;)
beijooo

Anonyme a dit…

Deixem-se de palavras caras... twilight e bom... talvez... mas agora acho k nao me apetece esconder nas chamines de noite, nao a procura do velhote d barba branca ou diria mais preta ca fuligem das cinzas mas a procura dum vampiro... puf... a unica coisa k gosto nele e o baton e a base branca k o favorecem... ja nao deviam acreditar em fantasmas... cuidado k eles assinam em anonimo... BUAHAHAHAHAHH AHAH AH!!!