mercredi 27 mai 2009

CP in the "NOT HOUSE"!


Bem...


Hoje só tenho a dizer... Que esperei 2h30 pelo COMBOIO!!!!!


Quer-se dizer... Vou eu toda lançada a sair de casa às 7h30, para apanhar o comboio das 8h13 para ir fazer o trabalho de IPP em Aveiro... Chego à estação de Espinho, e dou de caras com IMENSAAAAAAAAA gente nas filas de tirar os bilhetes e as duas máquinas PUFF!


Ponho-me logo a ver se topo o que se passa. Não há luz nas linhas entre Ovar e Aveiro! Ora que bem! Esta CP é uma abusadora, só porque é a única rede de Caminhos de Ferro aqui da zona!


Aviso a P. e a T., porque tínhamos combinado às 9h30... A P. arranjou boleia de Esmoriz; a T. está em Aveiro; eu sou a desgraçada!


Espero...


Encosto-me ao pilar e fecho os olhos... Cruzo as pernas... Faço extensões dos maléolos (ainda ontem consegui fazer a ponte melhor que a minha vizinha linda de 9 anos... Espectáculo! A miúda só lançou um... "JASUS!")


Oiço uma conversa de miúdos sobre a noite de Enterro deles no dia do David Fonseca, sobre a sessão de vómito a que assistiram no comboio o dia anterior (vómito aquoso com cogumelos e fiambre... Ainda vigiam melhor vómitos do que eu em Serviço...).


Passa o Alfa (comboio de gente rica e classe executiva): começo a ver "pobres" e "ricos" a entrar lá dentro ao mesmo tempo. Eu fico embasbacada com o cenário e não reago, tão estupidamente: deixaram entrar todos por causa do que estava a acontecer aos Suburbanos... Os MIÚDOS ENTRARAM! E eu Deep, fico a olhar...


Passa o Inter-Cidades: uma miúda tenta a mesma manobra. Não resultou. Concluo que os obliteradores dos Alfas são bem mais educados e simpáticos que os dos Inter-Cidades ("ricos" mais simpáticos que os "pobres").


Passam no meio disto tudo três comboios para S. Bento... Para Aveiro, népia! -.- (ainda estou para entender o que ficaram a fazer os três parados no Porto e não fazer o itinerário oposto como é habitual).


Chega o SUBURBANO! Aleluia!


Não tinha tirado bilhete porque as máquinas estavam "capute" e as bilheteiras cheias de "enervanços do povo".


O obliterador vem logo ter comigo. "Porque não tirou bilhete?"


Expliquei com a maior calma do Mundo e com a minha voz mais sensata (já me a chamaram de sexy... Mas neste caso, não era o "caso" LOL). Olhou para mim, e calou-se com cara de quem "Engulo, mas que não se repita...".


Odeio estes olhares. Preferia que me tivesse gritado o que pensava.


Lá vou para Aveiro... Mais uma vez. Voltei às 16h a casa. Não houve atrasos. Por milagre... :)

2 commentaires:

Anonyme a dit…

só não digo que a CP devia entrar na ''linha'', com medo que viesse um comboio( 2 horas atrasado) e a atropelasse. rsrs
gosto da maneira como encaras as contrariedades sempre com um sorriso e bom humor.
fazes a ponte? és engenheira há muitos anos? se veres o ''sôr'' eng. Sócrates numa das reúniões da Ordem, dá-lhe uma pisadela por mim.
Jinhos e coiso i tal!! :-))

ass: pouca-terra..pouca-terra

messy a dit…

Deepzinha vou contar-te o que relamente aconteceu.

Eu não posso sair de casa sem rimel, é como sair sem cuecas (LOOOL) e sei logo que algo vai correr mal.

Então ONTEM, o meu rimel desapareceu e tive que sair de casa sem ele. Tinha entrevista de emprego de manha, centro de Gaia. Chego à estação da Granja (tavamos pertinho, hein? :D) e descubro no meio do burburinho de um monte de gente que uma situação estranha tinha caído na linha! xD Comboios trocados, atrasados, e mais coisas acabadas em "ados". Eu sabia, eu sabia que algo ia correr mal!

Venho por este meio pedir-te desculpa pelo acontecido, porque no fundo no fundo, a culpa foi toda minha. :D lololol

PS.: Consegui chegar a tempo, e correu bem! (: