lundi 16 mars 2009

Ai que isto quase deu para chorar!


Este ano, decidi que não ia anunciar efusivamente com antecedência, como é habitual todos os anos. Apesar da minha sempre boa-disposição, cânticos diários, e sempre malandrice, não quis grandes festejos, nem grandes festas de arromba. Todos os anos dava dicas, mandava bocas de que queria um presente, enfim... Coisas do momento, que me continuam a dar diáriamente, diga-se (pobre dos espíritos que levam comigo todos os dias).

Porquê? Bem, tenho plena consciência de que todos os dias "cresço" mais um pouco, aprendo novas coisas, conheço novos lugares ou simplesmente reparo numa nova cor de cortina ou novo cheiro de lugares em que é hábito estar, novas pessoas. E penso, que durante este ano, "cresci" mais do que é hábito num mesmo período de tempo. Lidei com muitas situações penosas, ouvi muitos desabafos, chorei com o outro, e por mais incrível que pareça, é que me deparei no momento a pensar: "Quero levar com tudo... Mesmo que não me pertença.". Hoje, pensaria: "Quero levar com tudo, porque fazes parte da minha vida". À primeira vista, não existe qualquer diferença... Para mim, existe toda.




Deitei-me muitas vezes a agradecer a Deus por ter a família que tenho, a cama que tenho, os lençóis que tenho, o tecto que tenho, a comida na mesa que tenho, o dentífrico branqueador que tenho, o dinheiro que tenho sempre na conta à conta dos pais (quando trabalhar, espero poder recompensá-los não igualmente, mas muito mais, quanto mais não seja em actos e carinho), o depósito do combustível sempre cheio quando me lembrava de pegar no carro ao fim-de-semana, os amigos verdadeiros que tenho.





E era aqui que queria chegar :)





Aos meus amigos, pelas palavras e carinho que demonstraram ontem, por se terem lembrado apesar do meu silêncio, por andarem toda a semana anterior a mandarem-me as bocas de que estou "a ficar velha", pelos seus sorrisos e olhos brilhantes...





A vocês... Os verdadeiros... OBRIGADO!





P.S.: Pai, Mãe, vocês não foram esquecidos, apesar de saber que não irão ler esta mensagem... Amo-vos de coração, e agradeço a festa que me prepararam com o resto da família.

3 commentaires:

Anonyme a dit…

fico feliz por teres celebrado mais um aniversário e por teres-lo festejado com saúde(essa mesma saúde que tu também queres contribuir para que os outros tenham.tenho a certeza que serás uma profissional de 'mão cheia'', pois és realmente uma apaixonada pelo teu curso),com alegria( essa mesma alegria que dás a troco de nada e que faz com que todos nós fiquemos também alegres mesmo quando nem tudo corre bem),na companhia de amigos,pais e alguns fura-festas (exceptuando os fura-festas, estiveste rodeada de muita gente que te quer bem e que tu também queres bem.pessoas que percebem a riqueza que é disfrutar da tua amizade e do teu carinho.pessoas que percebem que és rodeada por uma aura especial que faz de ti alguém muito especial).
não és só tu a agradecer a Deus.quem teve,tem e terá a sorte de te encontrar ,também agradece ter-te conhecido!!
só há uma pequena(grande) coisa que me deixa algo entristecido.é que tu tenhas feito a ''patifaria'' de não me avisar(grrrrrrrrr). perdeu-se assim uma optima chance de me '''alapar''(ou afiambrar rsrs) a ti e encher-te de jinhos e desejos de muitos parabéns.
mesmo atrasados no tempo,mas não na vontade e no gosto com que o faço, aqui ficam os meus mais sinceros desejos de parabéns e de que a vida te traga tudo o que queres e preserve tudo o que já tens.
PARABÉNS, ''gaija''. gosto muito de ti.
jinhos e coiso i tal!! :-))

ass:male stripper que devia ter saído de dentro do bolo

PS:por falar em bolo. deves-me uma fatia!!

DeepGirl a dit…

Anónimo...

Não há-de faltar muito para uma de nós fazer anos... Não fales muito, se não queres vestir a "sunga" :p

Mas se insistires muito, nós não nos importamos... Somos muito "open mind".

P.S.: O bolo já era... LOL. No dia do strip, tratámos desse assunto.

Daniel Silva a dit…

Um "post" (à falta de melhor termo) muito interiorizado e quase comovente.

P A R A B É N S!