lundi 10 novembre 2008

O "autocarro"


Era mais uma Segunda-feira.
O habitual mau humor de quem se levanta às 5h30 da manhã, para carregar com duas malas numa viagem de comboio até à "outra casa", a 60 km da "preferida".
Chego à outra cidade. Ninguém na rua. Apenas os passageiros de comboios que se dirigem rumo ao seu emprego, ao seu "ganha pão", ou ao que quer que seja.
Espero pelo autocarro. São 7h30.
Chega.
Abre a porta do autocarro.
Antes mesmo que coloque o meu passe naquela "maquineta", sorri-me e diz "Bom dia!". Sorri-lhe e respondi-lhe, em sinal de gratidão por aquele maravilhoso olhar e atitude.
Sento-me, o autocarro arranca.
Sorrio para "dentro", penso como será possível alguém ser tão maravilhoso, mas desconhecido.
Chego à paragem de destino. Toco para o autocarro parar.
Agarro no peso que devo carregar.
Antes que me abra a porta de trás, diz-me, olhando pelo espelho retrovisor: "Tenha um bom dia".
Retribuo, como sempre faço (automáticamente ou não).
Saio e ele fecha a porta.
Deixo olhar o autocarro seguir rumo.
Rio-me.
Estou feliz.

1 commentaire:

Words Writer Warrior a dit…

Gostei do blog! E "O autocarro" está engraçado também! :)

Muito bem!


Words Writer Warrior